(67) 3341-2151 // (67) 3341-2696 Rua Raul Pires Barbosa, nº 116 - Miguel Couto CG-MS
DIVERSOS | 13/09/2018 às 16h35

Com apoio do SRCG, prefeitura assina contratos com produtores da Bacia do Guariroba

O diretor Rafael Gratão representou o Sindicato Rural de Campo Grande durante a assinatura dos contratos para o Pagamento por Serviços Ambientais (PSA), de 16 propriedades rurais da região da APA Guariroba. O ato realizado na quarta-feira (12) pelo prefeito Marquinhos Trad completa um ciclo de três anos de trabalho e espera.

O projeto foi encabeçado pelo Sindicato Rural em 2015, como forma de reconhecer e incentivar as práticas sustentáveis por produtores rurais da Bacia do Guariroba. O documento assinado pela prefeitura prevê a remuneração (financeira ou por serviço) aos produtores que adotem práticas sustentáveis em sua propriedade.

O PSA faz parte do programa Manancial Vivo, criado há 10 anos, cujo objetivo é a adesão voluntária dos produtores rurais que, por meio de práticas e manejos conservacionistas e de melhoria da distribuição da cobertura florestal na paisagem, contribuam para o aumento da infiltração de água e para o abatimento efetivo da erosão, sedimentação e incremento de biodiversidade na região.

Rafael Gratão, que também é presidente do MNP (Movimento Nacional de Produtores) destaca que o Sindicato Rural de Campo Grande tem o papel de auxiliar os produtores locais nas atividades diárias e a sustentabilidade é um compromisso de todos. “Esse projeto começou lá atrás e ficamos felizes em ver que está sendo reconhecido e se tornando referência”.

Durante o ato de assinatura, no Paço Municipal, o prefeito lembrou que o aumento constante da população impacta significativamente os mananciais. “Essa é a consequência do aumento da população. A necessidade cada vez maior de abastecimento para atender o ser humano está afetando diretamente as fontes subterrâneas de água doce. O nosso objetivo aqui hoje é assegurar incentivos para que os produtores adotem boas práticas para a melhoria da qualidade e do aumento da oferta de água. Tanto a prefeitura quanto esses produtores estão fazendo sua parte. A salvação dos mananciais depende de todos nós”, justifica Marquinhos.

O secretário municipal de Meio Ambienta, Luis Eduardo Costa, reforça que o intuito da iniciativa é incentivar formas sustentáveis de comportamento e conscientizar quanto à importância do cuidado com a utilização dos recursos naturais. “A Semadur trabalha para dar continuidade nesse programa tão importante para toda a população campo-grandense”.

Texto Agro Agência Assessoria

 
Foto: Priscila Peres 
Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas

Produtor, cadastre e receba novidades
Cadastre-se e receba novidades
Imprensa, cadastre e receba novidades
Cadastre-se e receba novidades